quarta-feira, 31 de março de 2010

Punta Hermosa - Peru



PUNTA HERMOSA está 45 km ao sul de Lima e por ter praias apontadas para o sul e norte tem ótimas ondas o ano todo.
A estrutura do balneário é boa para o padrão do País, tendo um comércio local com restaurantes, sorveteria, mercadinhos e transporte público
abundante.Existe algumas hospedagens perto do calçadão e pico da ISLA. Outras praias vizinhas que também tem boas ondas como El Paso, Señoritas,
Cabaleros e Punta Rocas estão próximas e poderá chegar a cada uma a pé ou de moto taxi. Se tiver um tempo maior pra ficar no Peru, poderá
combinar uns dias em Punta Hermosa com uns dias em outra região como Chicama, Pacasmayo, Lobitos, Mancora ou Cusco. 





Pra esfria a cabeça da galera aí - Pasti


Pasti from Mellin Videos on Vimeo.

sábado, 27 de março de 2010

Sargaço no Perú

O shaper Alexsandre Melo, "Sargaço estar de viagem marcada para o Peru no proximo dia 31. O shaper prometeu trazer o "bizu" pra galera que quer fazer uma viagem do tipo.
Além das pranchas que já foram confeccionadas, sargaço prometeu levar uma agenda que fará um diário de viagem, anotando cado ponto dessa viagem. Paradas obrigatórias, embarques desembarques, pousadas, alugueis de carros,  onde comer, o que comer, coisas do tipo.
Esperamos uma bagagem de informações.
Mago boas ondas!

Boas ondas galera.

A Redação

sábado, 20 de março de 2010

O shaper Sargaço concedeu uma entrevista para o Jornal Correio(jornal escrito)

Alexsandre Melo, conhecido como "Sargaço",concedeu  nessa sexta-feira uma estrevesta ao "Jornal Correio". O foco da entrevista foi a sua profissão como shaper. Uma profissão ainda pouco conhecida por quem não é do meio do surf, onde foi tirada algumas duvidas para exposto e divilgar outra área do surf, o profissional das pranchas, o fabricante que ainda é pouco conhecido!

Fábio ‘Fabuloso’ Gouveia se aposenta do surfe e mergulha na profissão de shaper






O surfista que abriu para o Brasil as portas do Circuito Mundial
fechou a de sua carreira discretamente, sem alarde. Em dezembro,
aos 40 anos, depois duas cirurgias na coluna e lutando contra
dores, Fábio Gouveia decidiu parar. Deu fim a uma história com
ares de "Peter Pan" e começou uma outra, que o permite não
apenas sonhar, mas construir sonhos. Famoso por, com os pés,
desenhar nas ondas uma das mais belas linhas de surfe, Fabinho,
o Fabuloso, agora usa as mãos para esculpir o que antes era sua
principal ferramenta de trabalho: as pranchas. Entre os
"clientes", seu filho Ian.

quarta-feira, 17 de março de 2010

ASV !Em breva novas etapas!


etapa 2009 formando o ranking 2010

Klauber Lins

Algumas imagens de Klauber Lins. Ele que é surfista local da Praia do sol, tatuador, e um surfista dono de um estilo invejavel, deixou sua participação aqui no nosso blog!


o cara também é bastante ilário, quem conhece sabe!

terça-feira, 16 de março de 2010

Uma pequena amostra


Pra galera da uma olhada ai!

Surf fêminino

Esse fim de semana não encontramos boas ondas, mas pra não perder a viajem para BT, aproveitamos e fizemos um pequeno video com Edjane. Edjane, surfista local de Baia da Traição, mostrando a força do surf fêmino na Paraíba.

Boas ondas galera!

logo, logo o video dela.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Já esta no cartaz!

A tão esperada etapa de Barra vai sair, foi confirmado para os dias 20 e 21 de março. Com o apoio da Prefeitura de Mataraca, Governo do Estado, Moçada que Agita, Rotator, Estilera, Sargaço Surf Board, Pb surf , Cut Back e o sistema Correio através da MIX. Podemos contar com o fechamento do circuito, onde serão definidos os campeões.

quinta-feira, 11 de março de 2010

Mídia mantém apoio ao surf da Paraíba, esporte campeão nos seus trinta anos, e os 10 títulos ainda em disputa

O Surf é o mais vitorioso do esportes náuticos da Paraíba, o que vai em todos os sentidos do seu litoral, é o que inclui socialmente, e é aquele praticado por diversas gerações em suas mais de três vitoriosas décadas, nas quais o maior nome do surf brasileiro Fábio Gouveia, fechou a temporada 1990, há vinte anos, vencendo em Barra de Camaratuba, Mataraca, a categoria Profissional que contou com suas três primeiras provas paraibanas naquele ano e “Barra“, como carinhosamente os surfistas se referem ao paradisíaco distrito, sediou fechando à temporada com ondas excelentes e a segunda vitória de Fábio enquanto profissional, poucos meses depois dele vencer, no Guarujá, São Paulo, etapa da elite mundial.

domingo, 7 de março de 2010

Novidade! mine Pranchas

 
 
Numa das minhas visitas ao shaper Sargaço, eu me deparei com essas pranchas. Achei legal e resolvi tirar fotos delas. Mama (que trabalha com Sargaço), todo orgulhoso me mostrava seu trabalho, essa pranchas por mais que pareçam com pranchas comuns, se tratam de um artesanato feito com sobras de material da confecção das pranchas.

A viagem psicodélica das Fishes


As pranchas Retro possuem grande flutuação e excelente remada e recupera uma perspectiva de surf que o surfista tradicional não tem, que é o surf de linha, este “surf fluido”, evolui o surf padrão (que é o de pranchinha), abrindo a mente do surfista para uma relação mais próxima com e energia das ondas e do mar.
________________________________________
Dentro do mundo “Old School” (tudo que é considerada velha guarda) há variados modelos de “Retro Boards”, sejam Eggs, Biscuits, Mini Models, Fishes ou outras inovações que fizeram à cabeça da moçada em 1970, mas dentre essas todas destaco as pranchas Fish.
Responsável pela explosão do “Retro Surf”, as Fishes tem um mundinho só para elas, todo surfista que entende um pouco de surf, sabe do que estou falando, e todo Shaper que ama o que faz, tem o prazer de desenvolver uma dessas. ”São pranchas mágicas que possuem um feeling único, normalmente quem se aprofunda no surf de fish, nunca abandona e sempre quer mais.”
Tudo nela é diferente, do Bico até a Rabeta, nenhuma prancha, criou tanto conceito, praticamente toda a sua engenharia influenciou a concepção das pranchas do surf moderno.

A versatilidade dos fundos, Bicos e Bordas e a dinâmica na posição das quilhas entre Biquilhas (Large/Normal), Triquihas, Quadriquilhas; faz com que estas pranchas se tornem as mais formatadas já criadas para o surf.
É incrível como a mudança de paradigma para uma fish, faz com que o surfista tenha mais linha (Clássica), sem perder a agressividade, as comparações na remada com os longboards é comum, certamente fará parte do quiver do surfista que surfar numa dessas.
Com tanta virtude é natural que a arte aliasse aos modelos, pinturas extravagantes, designs alucinantes e materiais nunca sonhados, como a madeira, transformam as fishes em verdadeiras obras de arte.
Que tem uma faz questão que dure por muito tempo e por isso não economiza em design e material de ponta, sempre querendo o melhor para sua Fish sem esquecer no que mais chama atenção, sua rabeta e suas quilhas.
As quilhas aliadas a uma grande rabeta em forma de um peixe – é o seu maior detalhe (a prancha parece um peixe), sendo a Biquilha Fish praticamente a única quilha do gênero feita exclusivamente para uma prancha, estas quilhas são largas e feita à mão ou industrialmente, mas existem também as triquilhas e as quadriquilhas, cada uma com uma característica especial de progressão na onda;
É na hora do surf, que a mágica se realiza, a pesar de não ser uma prancha fácil de domar, principalmente para os iniciantes, o surfista se sente realmente fazendo parte da onda, seja ela pesada ou tubular, sempre há uma forma diferente de surfar e a diversão sempre será garantida.

Pranchas Fish


As pranchas fish talvez seja a melhor opção do surfista sair um pouco do surf convencional das triquilhas para buscar novas experiências.

A fish tem o bico largo, arredondado e com mais espessura do que uma pranchinha de surf comum.

No meio é bem mais larga e cheia (volume). A rabeta é swallow, larga. Borda um pouco mais cheia. O tamanho é menor que a pranchinha tradicional, geralmente algumas polegadas a menos do que a prancha do dia dia. Tradicionalmente é biquilha, mas agora já existem modelos com três e quatro quilhas.

Prancha extremamente solta, com boa remada e bico largo é mais fácil de entrar em ondas pequenas. Sua boa flutuação a deixa bem fora da água tanto na remada como nas manobras. Excelente nas ondas pequenas e lentas, garantindo diversão mesmo em dias de ondas mínimas.

Também pode ser usada em ondas com parede, desafiando sua técnica e habilidade, sendo um excelente treino.

Geralmente não aparece na mídia por ser uma prancha pouco usada por profissionais e nunca usada em campeonatos. Tom Currem resolveu procurar e testar modelos, gravou alguns vídeos e a prancha voltou ao cenário anos atrás.

Recentemente ganhou mais força na imprensa e nas fábricas de pranchas brasileiras, sendo uma ótima opção para se ter no quiver. Mesmo assim fazem bastante sucesso desde que foram lançadas lá pelos anos 70 e mantém sua popularidade desde então, principalmente na Califórnia, onde são uma excelente opção para as ondas pequenas e perfeitas dos point breaks da região.

Já aqui no Brasil são pouco explorado devido às ondas aqui serem bem diferentes das ondas da Califórnia. Geralmente em picos de surf brasileiros, quando a ondulação está pequena, as ondas quebram mais em cima do banco de areia, ficando rápidas e cavadas. Mesmo assim é uma ótima opção no quiver, e pode transformar aquele dia ensolarado com sua namorada e ondas fracas na beira em um dia de surf, e se der sorte e mandar um rasgadão invertendo a rabeta vai fazer a cabeça.

Por: Felipe - S.A. Surfboards


Autor: Redação Camerasurf Camera Surf

sexta-feira, 5 de março de 2010

CUIDADOS COM SOL NA HORA DE SURFAR



O sol para nós surfistas é muito bom, mas devemos tomar alguns cuidados com a nossa pele, pois ficamos expostos 3 vezes mais quando estamos surfando, vejamos o que devemos fazer tanto dentro d´água como fora:

O QUE FAZER QUANDO A PRANCHA QUEBRA















Quando você esta surfando e se choca com outro surfista ou deixa a prancha cair, provavelmente terá alguma avaria nesta prancha.Veja a seguir algumas dicas de como proceder quando sua prancha estiver quebrada.

quinta-feira, 4 de março de 2010

Fabio Gouveia

Um vídeo para quem ainda tem dúvida da força do nosso surf!

Muito bom ver um vídeo como esse antes de fazer um surf!

Boa sorte Fabio na sua nova jornada no surf, sucesso.

Como usar quilhas de encaixe


COMO USAR QUILHAS DE ENCAIXE
.
Embora pareça uma operação simples e fácil de se executar.
.
VANTAGENS: Nas viagens não existe a preocupação de chegar e ter a triste surpresa de encontrar uma quilha quebrada. Alem disto, é possível colocar quatro ou cinco pranchas numa capa em que cabem apenas três com quilhas fixas. E na hora do surf aquela prancha que é boa para os dias pequenos, com uma quilha maior pode ser usada com segurança em ondas maiores.

Dicas e curiosidade sobre Surf para iniciantes e Veteranos!







O surf é conhecido como o esporte dos deuses. Isso porque na Polinésia, somente os reis podiam pegar as ondas em pé. Aos súditos restava praticar o surf deitado, uma espécie de bodyboard. Talvez tenha começado aí toda a rivalidade entre os dois esportes.

quarta-feira, 3 de março de 2010

GOL vai liberar a cobrança da taxa de pranchas.

A partir de 09/03/2010 as pranchas de surfe passam a ser taxadas como bagagem normal e não serão cobradas como bagagens especial, uma grande conquista dos surfistas e um diferencial da Gol linhas aéreas.





A bagagem despachada é a que vai no porão do avião. Cada cliente adulto tem direito a até 2 malas com peso total de 23 kg, conforme a Alínea B do Artigo 37 da Portaria 676, de 13 de novembro de 2000, da ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil.

• A partir de 09/03/2010, os itens antes considerados como bagagem especial passam a ser inclusos na franquia normal de bagagem despachada, tanto em voos nacionais como em voos internacionais:


- Vara de pescar
- Prancha de surf
- Bicicleta
- Ski
- Snow board
- Arco e flecha
- Kite surf
- Patinete
- Wakeboard

Havendo excesso de peso, este será cobrado normalmente.

• Itens que devem ser despachados como carga separada:

- Caiaque
- Prancha de windsurf

Importante: O animal doméstico e o instrumento musical violoncelo (ocupando assento) serão tarifados normalmente, de acordo com o procedimento vigente.

• Crianças de até 2 anos incompletos viajam gratuitamente, sem direito a bagagem, desde que no colo de acompanhante maior de 12 anos. Crianças entre 2 e 12 anos incompletos têm direito a até 2 malas com peso total de 23 kg de bagagem, a partir de 09/03/2010.

A bagagem que exceder a franquia permitida será considerada excesso, sendo cobrado 0,5% da tarifa econômica normal (Y) para voos domésticos ou 1% da tarifa econômica normal (Y) de ida para voos internacionais, por kg em excesso, podendo ser despachada como carga desacompanhada em um próximo voo.



equipe no aeroporto de Male- foto: Rodrigo Mesquita





Chegada no aeroporto de Padang- foto: Bruno Veiga





Terry, Quiver- foto: Arquivo





Fonte : surfguru.com.br

terça-feira, 2 de março de 2010

Temos belas praias e boas ondas.



surf nos Canyons



Nascer do sol Canyons Coqueirinho


Precisamos conserva nossas praias, mante-las limpas. Não é difícil encontra lixo nas praias atualmente, precisamos nos importar mais com isso.
Estive esse ultimo fim de semana na Baia da Traição e percebi as praias muito suja.
Lá em Jerimum são muitas garrafas, sacolas e outros tipos de lixo, em coqueirinho a mesma coisa, no ultimo domingo encontramos lâmpadas, sacolas, garrafas. Pra piorar boa parte desse lixo é deixado por surfistas que usam e abusam da boa vontade da natureza.
Vamos manter nossas praias limpas,bom surf galera, sem esquece de levar o lixo de volta.